Segunda etapa do Qualiágua/2018 monitorou 19 bacias hidrográficas

27 de junho de 2018

A segunda campanha de 2018 do Programa Nacional de Avaliação da Qualidade das Águas (PNQA)/Programa de Estímulo à Divulgação de Dados de Qualidade de Água (Qualiágua) foi finalizada com o monitoramento de 40 pontos determinados em 19 bacias hidrográficas do Tocantins, a partir de agora a equipe da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) inicia a condensação dos dados para serem enviados para a Agência Nacional de Águas (ANA). A terceira campanha dever ser iniciada em agosto e o quarto procedimento está programado para ocorrer no mês de outubro.

A primeira e segunda Campanha de 2018 do Qualiágua fazem parte do terceiro período de certificação das metas pactuadas pela Semarh com a ANA no âmbito do projeto federal. Com as metas cumpridas e após a avaliação, a Semarh fica apta para receber o repasse referente ao primeiro semestre deste ano, equivalente a cerca de  R$ 88 mil. A certificação dos dados deve ocorrer num prazo de 60 dias.

Os técnicos do setor de Planejamento e Gestão de Recursos Hídricos utilizam a sonda multiparâmeto para coletar as seguintes referências: oxigênio dissolvido, condutividade específica, PH, turbidez, temperatura do ar e da água e a profundidade da coleta. As informações são usadas para construir e conhecer a qualidade das bacias analisadas e assim possibilitando ações específicas e planejamento prévio de uso dos recursos hídricos.

A Semarh percorreu quase todas as regiões do Estado para atingir as 19 bacias hidrográficas, no sistema hidrográfico Araguaia a equipe coletou nos seguintes pontos: Bacia do Rio Araguaia; Bacia do Rio Riozinho; Bacia do Rio Javaés; Bacia do Rio Formoso; Bacia do Rio do Coco; Bacia do Rio Lontra; Bacia do Rio Corda; e Bacia do Rio Piranhas. Já na bacia do Tocantins foram dez pontos: Bacia do Rio Santa Tereza; Bacia do Rio Paranã; Bacia do Rio Palma; Bacia do Rio Manuel Alves da Natividade; Bacia do Rio Manuel Alves Grande; Bacia do Rio Manuel Alves Pequeno; Bacia do Rio Santo Antônio; Bacia do Rio Balsas; Bacia do Rio Sono; e  Bacia do Rio Tocantins.

Qualiágua

O Contrato nº 058/2016/ANA, no valor de R$ 1.166.000, prevê o cumprimento de 156 metas de monitoramento e divulgação de dados de qualidade da água no prazo de vigência do contrato, que é de cinco anos no total.

Com adesão voluntária, o Qualiágua parte do pressuposto que os dados de qualidade da água são importantes para diversos públicos, como gestores públicos, pesquisadores, estudantes e empresas.